11/05/2018 13h55 - Atualizado em 11/05/2018 14h34

Gabinete de Gestão Integrada Municipal (GGIM) debate a Segurança Pública em Ibatiba

A Segurança é uma responsabilidade e direito de todos, dentro dessa premissa foi instalado nesta quarta-feira (09), oficialmente o Gabinete de Gestão Integrada Municipal – GGIM, envolvendo agentes públicos de diversos órgãos e respaldado por Decreto do Prefeito Luciano Pingo. O GGIM é um colegiado deliberativo para pensar e agir sobre as questões de Segurança Pública no âmbito Municipal.

Na ocasião compareceram o Juiz da Comarca de Ibatiba, Dr. Akel Lima; o Prefeito Municipal, Luciano Pingo; a Promotora Vanessa Amaral; subcomandante do CPO Serrano, Tenente-Coronel Geovânio Ribeiro; Comandante da 1ª Companhia do 14º Batalhão da Polícia Militar, Capitão Guilherme Dalmonech; Sargento Vanderli Silveira Barbosa; subcomandante do 14º batalhão, Major Flávio Santiago; Delegado da Polícia Civil , Tiago Dorneles; Investigador da Policial Civil Oldair Fernandes; assessora jurídica da Prefeitura, Adilza Soares; conselheira tutelar Maria Dias de Carvalho; conselheiro Tutelar Bruno Amaleto; conselheira tutelar Simone Lima; coordenador da Defesa Civil, Ulysses Fernandes; representante da OAB, advogado Silvio César; secretária municipal de Saúde, Nilci Florindo; secretário de Obras, Samuel Dias; secretária de Assistência Social, Carla Pereira Pinto e o agente administrativo da Polícia Rodoviária Federal, Lourival Soares.

A ocasião serviu para marcar o início do trabalho do grupo, com a apresentação dos atores envolvidos, e, já neste primeiro momento, ficou definida a apresentação de índice e registros de cada área para a integração de informações e produção de diagnóstico que permitirá construir as pautas prioritárias de trabalho.

A representante do Governo do Estado, Fernanda Braumer, mediou o encontro e registrou que o Estado vem expandido a política do GGIM , hoje, existindo 15 gabinetes instalados no Espirito Santo e, de acordo com ela, apresentando resultados significativos. Ela também trouxe dados que revelam o cenário estatístico da Segurança Pública em Ibatiba.

“Nós temos no município um número de crimes contra a vida pequeno, em 25 mil habitantes, foram quatro homicídios esse ano e seis no ano passado. Mas temos um problema que é a sensação de insegurança e também um número crescente de crimes contra o patrimônio”, Fernanda ainda registrou que em 2017 foram feitas apenas 69 denúncias ao canal 181 pela população de Ibatiba.

Os demais presentes levantaram questões como o alto índice de registros da Lei Maria da Penha, abuso sexual infantil e desvios de conduta, elencando essas situações como sensíveis na Segurança Pública municipal.

O Juiz da Comarca de Ibatiba, Dr Akel Lima, falou que o assunto é de extrema relevância para o município. “Tenho total interesse que desse grupo saiam medidas concretas e efetivas de prevenção”.

O prefeito Luciano Pingo registrou que o Poder Executivo está a disposição do projeto. “Unindo forças a gente pode avançar em problemas históricos que existem em Ibatiba”.

As reuniões serão mensais.